Live Streaming: Um Guia Completo Sobre O Que É e Seu Funcionamento

Alguma vez na vida você já deve ter ouvido sobre live streaming, mas afinal, você sabe o que é isso?

Este na verdade é um conceito de transmissão ao vivo que cada vez mais tem ganhado espaço dentro do mercado digital.

Essa ferramenta, permite que inúmeras empresas consigam lançar seus planos de estratégia de marketing.

No entanto, colocar uma live no ar e oferecer um conteúdo de qualidade não é algo simples de ser feito.

Para que isso seja feito, por trás deve existir conhecimento, planejamento e uma estrutura adequada.

Se você não tem total conhecimento mas deseja saber como essa tecnologia que mudou a maneira de apresentar vídeos online, montamos um checklist que irá te ajudar no desenvolvimento dessas etapas de produção.

Ao colocar as dicas apresentadas aqui em prática, você diminuirá as chances de problemas durante a transmissão, caso queira fazer uma. E proporcionará uma experiência satisfatória para o seu público.

Onde Surgiu O Live Streaming?

Para começar a explicar, a live streaming é uma transmissão ao vivo pela internet de algum áudio ou vídeo.

Esse recurso teve popularização com o desenvolvimento digital e serve como um modo de entretenimento e engajamento do público.

Além disso, através dele é possível realizar eventos de todos os tamanhos.

Nos encontramos num período marcado pela revolução digital em todos os meios.

Principalmente dentro das empresas, que podem explorar isso ao máximo e oferecer ótimas experiências para o seu público e, além disso, conquistar uma maior audiência através de transmissões ao vivo.

O live streaming teve sua evolução com o passar do tempo.

Sua história começa desde quando as pessoas baixavam conteúdos de vídeo ou áudio pela internet, lá no comecinho de sua existência.

Quem passou por essa experiência, deve lembrar quanto tempo um arquivo levava para ser baixado e quanto tempo a internet demorava para conectar.

Por muito tempo, essa era a única forma que as pessoas tinham para acessar a vídeos e músicas online.

Com o passar do tempo e a evolução tecnológica, a internet banda larga possibilitou que esses arquivos fossem baixados em menor tempo. E com a banda larga, o streaming pode ser utilizado com mais frequência.

O streaming é toda forma de transmissão de produtos audiovisuais de uma rede qualquer de computador.

A plataforma foi inventada para que não fose necessário fazer download para que músicas e vídeos pudessem ser consumidos.

Sendo assim, as informações recebidas são ao mesmo tempo repassadas ao usuário.

Basicamente, ao contrário de ter que aguardar um arquivo fazer download total para que então você consiga consumi-lo, os dados desse arquivo são baixados automaticamente enquanto ele vai sendo executado.

Então, esses dados são armazenados por um tempo curto e depois eles são descartados do equipamento.

O conceito de streaming então é um fluxo de mídia. Foi através dele que plataformas como o YouTube puderam existir, assim como tantas outras plataformas como o Spotify.

Como toda essa evolução não poderia parar apenas por aí, o streaming evoluiu para o live streaming.

O que exatamente é o live streaming?

O streaming é a possibilidade de você ver um vídeo sem baixá-lo, o live streaming é o uso dessa tecnologia para que a divulgação de vídeos ao vivo sejam compartilhados online.

De maneira simples, o live streaming é o compartilhamento de dados ao vivo. E é por meio dele que gravações podem ser repassadas em tempo real a todos que estiverem conectados.

Para o bom funcionamento do streaming ao vivo, é fundamental que uma boa conexão com a internet seja mantida.

Ao contrário do streaming, que pode ser interrompido por um breve momento e continuar sendo reproduzido, o live streaming não consegue sustentar isso.

Sendo assim, se a conexão for perdida, o momento que você foi desconectado não poderá ser recarregado a não ser que quem esteja produzindo o conteúdo, o disponibilize mais tarde.

O live streaming pode ser consumido de diversas plataformas diferentes e de maneira gratuita.

Sendo assim, o Facebook, Instagram e o YouTube são as principais redes que possibilitam o acesso ao conteúdo ao vivo.

Curiosidades sobre o live streaming

A primeira transmissão ao vivo foi feita em 93 por uma banda de garagem chamada Severe Tire Damage.

A banda iniciou esse recurso e um ano depois, conseguiu realizar a abertura do primeiro show feito pela internet, que foi dos Rolling Stones.

Em 95, um jogo de beisebol foi realizado pela empresa RealNetworks e ela transmitiu nada mais, nada menos, que uma partida entre New York Yankees e o Seattle Mariners.

No mesmo ano, um evento completo em formato de podcast(áudio) foi oferecido para o público.

Por causa da precariedade tecnológica e falta de estabilidade de rede, o serviço de live streaming só conseguiu ser melhor desenvolvido na época pela captação de áudio.

Dessa forma, programas de rádios foram os primeiros a fazerem uso dessa tecnologia pois a capacidade de dados exigida por eles era muito menor do que a transmissão de um vídeo, por exemplo.

Sendo assim, os vídeos começaram mesmo a ganhar força somente depois que a banda larga chegou e somente em 2005 que ela foi se disseminar com o YouTube.

Somente em 2011 que o YouTube colocou a ferramenta de vídeos ao vivo a disposição de usuários. A partir daí, inúmeras outras redes também adotaram a prática.

Por Que Apostar No Live Streaming?

Por estarmos na era tecnológica, sabemos que o live streaming não é algo que marcará um momento e passará.

O mercado de vídeos ao vivo está em constante crescimento. Prova disso foi durante toda pandemia a produção de shows para entretenimento do público.

Em 2012, o live streaming de maior sucesso obteve um investimento milionário da Red Bull.

Com o cenário de hoje, as vantagens de usar essa ferramenta não são poucas e ela traz um tipo de engajamento que somente o ao vivo pode ter.

Seja feita pelo telefone ou de modo profissional, a produção de vídeo ao vivo é algo que chegou para marcar território.

Com o live streaming, você pode obter vantagens como:

1. Aproximação das pessoas

Influenciadores e marcas, estão fazendo uso da plataforma de vídeo ao vivo para manter uma conexão com seu público.

Através dele que ações podem ser registradas no exato momento que acontecem e compartilhadas com milhões de pessoas que estiverem conectadas.

A experiência de ver algo fluido nas redes sem que tenha edições proporciona ao público uma melhor experiência do que de verdade está acontecendo durante a transmissão do vídeo.

E por ser ao vivo, muitas pessoas conseguem captar isso ao mesmo ainda que estejam em países diferentes.

As empresas têm tirado um grande proveito das transmissões ao vivo pois através delas, inúmeras estratégias de marketing puderam ser usadas para a divulgação da marca, conseguindo então, aumentar sua audiência.

Exemplo disso foi a empresa de pagamentos Picpay que durante a pandemia, patrocinou lives de shows de artistas e conseguiu promover sua marca e fazer ações de doações para comunidades e ONG’s no seu aplicativo através das transmissões feitas pelas redes sociais.

2. Engajamento

Uma das coisas das quais falamos sobre essa ferramenta, é sobre o engajamento das pessoas. Esse é o maior diferencial encontrado em comparação a um vídeo que é apenas gravado, editado e postado.

Quando você consome um conteúdo no qual já foi editado e apenas disponibilizado em uma plataforma, a interação é mais superficial. Pode ser que o criador do conteúdo veja ou que outro usuário responda.

Mas é algo incerto.

As lives já são diferentes. A comunicação se dá de uma forma mais direta e em tempo real possibilitando que o criador de conteúdo possa interagir com o público no exato momento em que ele comenta algo.

Detalhes como esse fazem com que o público queira participar cada vez mais.

A humanização das marcas possibilita uma maior identificação dos clientes que estão mais dispostos a compartilharem algum produto ou serviço a empresa.

Uma pesquisa feita pelo Facebook pode comprovar que uma transmissão ao vivo possibilita um engajamento de comentários 10 vezes mais alto que o normal (vídeos gravados).

Dessa forma, com tanta interação, a mensagem a ser passada pode atingir muito mais pessoas e ser absorvida de maneira mais rápida.

Logo, uma ação de marketing tendo o conceito do live streaming como principal meio de comunicação, pode levar ao aumento significativo tanto de visibilidade quanto de vendas.

3. Economia

A produção de um show ou um evento é algo grandioso e que custa muito em termos financeiros.

Isso é algo indiscutível. Se você preza pela qualidade de um evento, saber que financeiramente seu valor de produção será alto é o básico.

No entanto, a produção de um evento com transmissão online possui um custo financeiro muito menor.

Isso porque o cenário é algo reduzido, a produção pode ser dentro de um estúdio ou de um espaço alugado.

Além do mais, custos com equipes de apoio, transporte, buffet e outros itens para a acomodação dos convidados é muito menor, considerando que o evento só necessitará do pequeno grupo que irá realizar o conteúdo.

Esse é o tipo de evento ideal para você que deseja expandir para que um público novo tenha conhecimento da sua marca e ao mesmo tempo, não tenha que investir tanto nele.

Ao contratar empresas especializadas nesse tipo de produção, algo simples pode tomar uma característica bem profissional.

Isso claro, se você não souber como é uma estrutura ideal para a produção desse tipo de conteúdo.

4. Monetização

Se seu intuito com a produção de um conteúdo, principalmente audiovisual, for a monetização, saiba que ao optar pelo live streaming, você não deixará de lucrar.

Isso porque as plataformas profissionais de live streaming oferecem variadas formas de você ganhar dinheiro em transmissões ao vivo.

Por exemplo, a Netshow.me permite que o idealizador cobre pelos acessos à transmissão do seu conteúdo.

Botão de doação pode ser incluído também caso você queira reverter os lucros para outras finalidades.

Como o exemplo do Picpay que mostramos acima.

Como O Live Streaming Funciona?

A ferramenta funciona em várias plataformas e em diversas ocasiões. Tudo irá variar de acordo com o público que você deseja atingir.

Porém, uma das suas principais funções é:

·    Promover interações e engajamento com o público ao vivo;

·    Vender, divulgar ou ensinar como usar um produto, ao vivo;

·    Fazer palestras;

·    Realização de comunicação interna;

·    Abrangência de audiência;

·    Transmissão de shows, esportes, cultos, aulas e outras coisas;

Para que você consiga fazer uma transmissão de qualidade, você necessitará de se atentar em alguns pontos.

O principal é o meio de onde você irá transmitir seu evento, se por uma câmera profissional ou por celular.

Hoje em dia, os celulares estão cada vez melhores em relação de qualidade audiovisual, então é possível conseguir um bom efeito utilizando-os. Mas se você deseja algo profissional terá que utilizar uma câmera profissional.

O próximo ponto a ser levado em questão e senão, o principal, é a qualidade da internet.

Através da qualidade da sua internet é que você determinará a qualidade repassada para o público, sem que haja travas, erros ou delays.

O modo de transmissão é simples. Basta selecionar a rede na qual você saberá que o seu público se concentrará mais.

Hoje em dia o YouTube e o Instagram são quem lideram essa disputa.

No entanto, como já dissemos, se você possui dúvidas, o ideal seria contratar empresas profissionais para tomarem conta da produção.

Isso porque além da produção, as equipes profissionais oferecem recursos que as redes sociais não oferecem.

Se o evento a ser transmitido é algo simples, então fazer com seu celular já é o suficiente.

No entanto, se for um evento de grande porte, o ideal é contratar uma equipe de transmissão para que nenhum problema aconteça.

Quais Equipamentos Investir?

Você pode estar se perguntando quais são os melhores equipamentos para fazer com que toda a produção aconteça com qualidade.

Então, separamos os principais com os quais você deve se preocupar.

Câmera

Se você tiver uma câmera profissional, você deve conseguir conectá-la ao computador responsável pela transferência.

Portanto, é recomendado o uso de uma câmera digital com um cabo Wirefire ou HDMI.

Computador

Um computador é o ideal para conferir se a transmissão está indo de acordo com o esperado. Se você optar por uma câmera profissional, deve se certificar para que o computador tenha uma placa de captura de vídeo.

Elas fazem com que a imagem feita pela câmera, consiga ser identificada no computador.

É fundamental que o computador esteja inteiramente dedicado a internet e que o cabo de conexão com a mesma esteja ligado diretamente no computador.

Áudio

Podemos ter uma internet boa, uma imagem de qualidade, mas se o áudio não funcionar, de nada adianta. Sendo assim, ter cuidado com essa parte faz com que o conjunto como um todo seja executado de maneira profissional.

Você então pode optar por adquirir placas de áudio no seu microfone para que ele faça a conversão dos sinais analógicos em digitais.

Ainda na parte de áudio, o microfone é que vai dar vida a tudo isso. Então opte por ter um microfone que possua uma qualidade de captura de áudio boa, para que a mensagem do seu evento possa ser transmitida de maneira compreensível.

Para aqueles que gostam de uma dinâmica melhor, a troca de câmeras é uma boa pedida para que esse dinamismo aconteça.

No entanto, se você deseja usar duas câmeras, é preciso que você tenha um equipamento chamado Switcher. É com ele que você conseguirá ter um controle melhor das câmeras e poderá transmitir mais de uma imagem enquanto estiver online.

Pontos a se atentar na hora de fazer uma live streaming

Produzir um evento ao vido, por menor que seja, demanda cuidados. Isso porque qualquer coisa pode acontecer e gerar um imprevisto.

Os mais comuns de acontecer é uma internet instável. Então, para que você consiga manter todo um evento no ar, garantir que a qualidade de sinal da internet é essencial.

A qualidade de reprodução também é um item questionável, pois é preciso que ela esteja em ótima estabilidade para que o seu público consiga visualizar o que está sendo transmitido.

Atente-se à escolha de um lugar que seja iluminado, para que o trabalho com luz artificial seja o menor possível caso seja de dia.

Se seu evento for durante a noite, certifique-se de garantir o espaço com melhor iluminação local.

Além disso, dica fundamental é apostar não só na qualidade de transmissão, mas na qualidade de conteúdo. Isso terá um completo diferencial e mostrará para o público que você e sua marca se importam com o que está sendo passado.

Busque então por algo que conduza ao engajamento de pessoas e o envolvimento das mesmas com sua marca.

Conclusão

Uma boa transmissão de live streaming demanda inúmeros pontos, como citamos acima.

Desse modo, agora que você sabe os principais e o que precisa para garantir uma live de sucesso, é hora de colocar a mão na massa e testar tudo o que você puder antes de entrar no ar.

Essa é outra dica fundamental. Teste seus equipamentos antes de começar verdadeiramente para que você possa ter a garantia que os imprevistos podem ser evitados.

Esperamos que este artigo tenha lhe trazido um conhecimento sobre o assunto e tenha lhe ajudado de alguma forma.

Deixe aqui o seu comentário e não esqueça de compartilhar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Títulos semelhantes